NÃO TE JURO HISTÓRIA, MAS TE JURUPINGA!

Salve, salve Drinkero que adora uma Jurupinga!

Você sabia que embora seu nome termina com PINGA, ela na verdade não é uma pinga? É comum a galera confundir, porém, a Jurupinga é um vinho branco suave de mesa, um blend de vinhos especiais, passado por um processo de fermentação simples, porém, adicionado a cachaça dando assim, um ar mais forte mas ainda mantendo a suavidez do vinho, que por sinal é uma delícia. Chegou nas universidades fazendo o maior sucesso e hoje está cada vez mais desejado por todos no Brasil.

Produzida em São Paulo, na Serra da Cantareira, ela possui uma cor inconfundível dourada, tem um design tão seu, com logotipo original na tampa, aroma delicado e marcante, e é claro, aquele sabor único, resultado de uma formulação secreta! (sim, a Jurupinga tem sua formula jamais revelada). Hmmm, gostamos disso!

O curioso dessa bebida, é que só existe uma Jurupinga, a Jurupinga Dinalle e somente é vendido em garrafas de 975ml. Não é vendida em galão.

Outra coisa curiosa sobre a Jurupinga, é que ela até foi protagonista de uma música levando seu nome. É um sertanejo da dupla Tato e Nando, que se popularizou quase como um bordão, que diz assim:

“Eu não te juro amor
Mas eu te Jurupinga
Vem ni mim sexta-feira sua linda”

Agora é aproveitar o embalo desse sertanejo, pegar seu copo de Jurupinga e Cheers!